RETROSPECTIVA – EXPECTATIVA

RETROSPECTIVA – EXPECTATIVA
2020 se foi. Não deixou saudades, mas uma sensação de alívio, talvez, sem exagero, com a percepção de que conseguimos sobreviver a uma guerra mundial, com muitos mortos e feridos, numa contenda com um inimigo invisível.
2020 não foi um ano merecedor de retrospectiva, a não ser para relembrar a luta hercúlea dos profissionais da saúde no combate à pandemia, nas iniciativas solidárias de algumas pessoas ou grupos para atenuar os efeitos do isolamento imposto, notadamente àqueles que não puderam sair de casa por serem grupos de risco, a corrida dos cientistas e das indústrias farmacêuticas para fabricarem a vacina.
2021 será um ano de grandes expectativas: o combate e o controle da pandemia, a chegada da vacina eficaz, o retorno à vida normal, a retomada da vida social ao lado daqueles a quem prezamos e amamos.
2021 será o ano da esperança, um dos únicos sentimentos que jamais poderá faltar a cada um de nós, teimoso em existir mesmo diante da adversidade, responsável pela nossa incansável predisposição de não desistir nunca, relutante em deixar o fundo da Caixa de Pandora.
2021 será o ano da renovação da fé, em uma força suprema e em nós mesmos, porque sobreviver a 2020 com saúde e quase incólume, pode ser considerado um presente divino.
São essas as minhas expectativas.
E as suas?

Grecianny Carvalho Cordeiro
Promotora de Justiça

Deixe uma resposta